Quem são os fascistas?

camisas negrasUma parte da extrema direita brasileira há anos vem apregoando ad nauseam que o fascismo é de esquerda. Para isso, alegam estribar-se nos escritos de renomados autores direitistas, desqualificando e ridicularizando as versões de outros renomados autores não direitistas. Essa mesma direita qualifica a si mesma como liberal e conservadora, proclamando-se avessa a toda forma de esquerdismo cujos adeptos qualificam genericamente como stalinistas, defensores desalmados de gulags e extermínios em massa. Eles defendem sua versão da história como “verdadeira” e “pura” adjetivando todas as outras como mentirosas. A recusa do diálogo e o uso de palavras intimidatórias já revelam uma postura intolerante, totalitária. Para eles, o nazi-fascismo é uma vertente do socialismo, por defender um Estado forte e centralizador, ser anticapitalista e contra as liberdades individuais. Se você propõe uma visão diferente, eles o qualificam como “chimpanzé”, lêmure”, “oragotango”, “babuíno” e “macaco-prego”, como neste texto. O uso de insultos, injúrias e calúnias contra pessoas que têm pensamento divergente já é uma prática comum do senhor Olavo de Carvalho e sua matilha de seguidores.  Continuar lendo

E eles não querem ser chamados de fascistas

fascismoNa América Latina, o Brasil tem sido um dos países mais flexíveis em julgar e punir os militares acusados de tortura durante o período da ditadura. Agora, no entanto, alguns fatos podem vir à tona com a Comissão Nacional da Verdade, instituída por lei pela presidente Dilma em 2011 e instalada no ano passado.  Como todos sabem por ter sido amplamente divulgado, o objetivo da Comissão é investigar casos de tortura e violações de direitos humanos cometidos pelos militares contra dissidentes de esquerda durante o período em que os militares estiveram no poder. Continuar lendo

A confusão mental dos seguidores de Olavo de Carvalho

mussoliniHá alguns meses publiquei neste blog dois textos sobre um jornalista que se auto-intitula filósofo chamado Olavo de Carvalho. Para minha surpresa, nos últimos dias tenho recebido um enxurrada de comentários raivosos, de pessoas que vêm aqui xingando e descarregando todo tipo de insanidades contra essas duas postagens. Só aprovei aqueles comentários de pessoas que falam com o mínimo de civilidade. Pois bem: todas essas pessoas são seguidoras e admiradoras do tal Olavo de Carvalho. Continuar lendo

Olavo de Carvalho: um filósofo para racistas e idiotas

Observação: Para ver minha resposta a um vídeo de Olavo direcionado a mim, clique aqui

Olavo de Carvalho é um católico conservador que, incapaz de conviver com ideias diferentes na academia brasileira, resolveu estudar filosofia sozinho. Essa sua incapacidade, no entanto, é algo que marca toda a sua trajetória de vida, se traduzindo em uma profunda intolerância a qualquer pensamento divergente do seu. No site Mídia sem Máscara, do qual Olavo é dono, vários colunistas expõem todo tipo de pensamento preconceituoso, tacanho e reducionista travestidos de “jornalismo”.

Continuar lendo

Olavo de Carvalho e a pieguice intelectual brasileira

astrologo-olavoResposta ao vídeo True Outspeak de Fevereiro de 2012. 

Olavo de Carvalho vem exercendo uma influência crescente nos últimos anos pela divulgação que tem feito de suas ideias na internet.  Olavo é hoje o principal representante da extrema direita no Brasil e há décadas vem condenando tudo o que entende como esquerdismo com abordagens tacanhas e reducionistas. Ele se considera filósofo, é doutor em nada, se considera melhor e superior a todos os professores de Filosofia no Brasil e frequentemente destila sua verborragia iracunda contra Marilena Chauí, Paulo Ghiraldelli, Emir Sader, Leandro Konder e outros intelectuais de esquerda por quem nutre profundo ódio. Também se considera o maior representante da alta cultura no Brasil, num inequívoco gesto de loucura megalomaníaca, além de ainda ser bajulador de ditadores de direita, incluindo o fascista espanhol Francisco Franco, a quem considera de “conduta exemplar”.

Continuar lendo