Anti-educação como projeto de sociedade

escola-educaçãoChamamos de anti-intelectualismo a postura que se caracteriza essencialmente pela hostilização a intelectuais e suas obras. Tal postura pode se manifestar de diferentes formas: ataques verbais, intimidação por grupos organizados da sociedade civil ou paramilitares, tentativas de censura por meio de projetos de lei e ações governamentais e, em casos mais extremos, exílio, prisões, destruição de livros ou bibliotecas e até a condenação à morte de intelectuais. Continuar lendo

Anúncios

Por que não existe mais comunismo nem comunistas

comunismo

Cuba, China, Coreia do Norte. Esses são os primeiros nomes que vêm à mente de algumas pessoas quando dizemos que não existe mais comunismo no mundo. Mas a afirmação de que não há mais comunismo tem um peso histórico que vai além dos rótulos desses três países.

Continuar lendo

Razões para não crer em Deus(es)

Por que uma pessoa se torna ateia ou agnóstica? Em muitos países, o número de pessoas que não creem numa divindade se iguala ou supera o dos que creem. Embora a descrença religiosa moderna tenha cerca de dois séculos de existência, ainda é incompreendida por muitas pessoas, onde a ausência de uma educação básica e científica de qualidade faz a descrença ser estranha e repudiada por muita gente.  Continuar lendo

Os 200 anos de nascimento de Karl Marx

karl-marx-statue-germany
Inauguração da estátua de Marx, em Trier, Alemanha, 05 de maio de 2018

Neste dia cinco de maio estamos lembrando os duzentos anos do nascimento de Karl Marx. Não há qualquer dúvida para quem está no campo das ciências humanas que Marx não apenas foi um dos maiores filósofos de todos os tempos, como também um dos principais intérpretes da sociedade industrial do século XIX. Ele só pode ser uma figura controversa para quem o detesta ou não compreende seu pensamento. Continuar lendo

Por que precisamos do politicamente correto

politicamente-corretoPara desespero de muitos que se colocam como conservadores, o politicamente correto veio para ficar, e não por acaso: se trata de uma postura voltada para a positivação de grupos que sofreram e ainda sofrem formas variadas de discriminação, exclusão e estigmatização, com destaque para negros, homossexuais e mulheres, ao que também podemos acrescentar indígenas e idosos, por exemplo. Continuar lendo

TROTSKY

trotskyNestes cem anos de Revolução Russa, Trotsky continua a ser um dos personagens mais venerados pela esquerda. Isso se deve em parte às suas divergências de Stálin acerca da Revolução Mundial e em parte ao fato de ter sido vítima dele num atentado contra sua vida. Também se deve ao fato de Trotsky ter sido um hábil orador e excelente escritor, mas o fato é que seu papel na Revolução foi bem menos inspirador do que parte da esquerda política acredita. Continuar lendo

Por que não sou (mais) de esquerda

manifestação-de-esquerdaAinda existem duas formas de esquerda política no Brasil: a extrema-esquerda, professada por PSOL, PSTU, PCO, PCB, movimentos sindicais ligados a esses partidos e tem como característica o discurso extemporâneo da Guerra Fria, o anticapitalismo e até a defesa intransigente do socialismo. A outra frente é a esquerda moderada, com perfil socialdemocrata, e tinha no PT seu principal representante que, de 2003 ao impeachment de Dilma Rousseff, levou a reboque outras legendas como PDT, PSB, PC do B. Continuar lendo